Renovação na presidência da Câmara de Vereadores de Coelho Neto

Chapa constituída por vereadores de oposição vence eleição para presidir o Legislativo de Coelho Neto pelo próximo biênio.

Dr. Ricardo, Marcos Tourinho, Lisa Pires, Rafael Cruz e Mohabe Branco.
A votação para o novo presidente da câmara de vereadores aconteceu ontem no final da tarde, em uma sessão extraordinária. A eleição ocorreu de forma secreta, sendo que todos os 13 vereadores se fizeram presentes e empregando seus votos.
Além da chapa formada pelo atual presidente, Osmar Aguiar (PT), foi apresentada outra chapa, formada nas últimas horas por vereadores de oposição, juntamente com vereadores simpatizantes do governo municipal. A chapa 1 (principal), era composta pelos vereadores; Osmar Aguiar (PT), como Presidente e Reginaldo Jansen (MDB), como Vice-Presidente. A segunda chapa foi constituída por, Marcos Tourinho (PDT), como Presidente, Rafael Cruz (MDB), como Vice-Presidente e Lisa Pires (PCdoB), como 2º Vice-Presidente. A chapa 2 (vencedora) também compunha os vereadores, Ricardo Chaves (PPS) e Mohabe Branco (PSD), como secretários da nova mesa diretora.
Após divulgação do resultado, os vereadores da nova mesa diretora foram empossados, logo em seguida fizeram o juramento, mas irão exercer a nova presidência apenas em janeiro de 2019, que ficarão pelos próximos dois anos, ou seja, até dezembro de 2020.

A conjectura da derrota imposta ao vereador Osmar Aguiar se deu pelo motivo do mal manuseio e falta de articulação aos demais edis, que por suas vezes, além da chapa formada, contaram com mais três, os votos para que perdesse a presidência da casa.

A nova mesa diretora traz a importante participação de uma mulher, como vereadora e forte liderança do Legislativo. A Vereadora Lisa Pires será a segunda Vice-Presidente da casa e contará com a sabia orientação de seu esposo, o Vice-Prefeito, Antônio Pires (PCdoB), que presidiu aquela casa por anos, com sabedoria, firmeza e harmonia junto ao executivo.
Para o vereador Rafael Cruz, a independência da Câmara se torna importante porquê os recursos públicos do município passarão a vigorar como deve.

“Por não concordar com a atual administração do Prefeito Américo, nós resolvemos tornar a câmara independente para que a gente consiga impor respeito tanto ao executivo, quanto respeito a população. […] A partir de janeiro, câmara independente. Fiscalização assídua, para dar ao povo o que é do povo. […] Como está sendo gasto, onde está sendo aplicado. Porque nós sabemos que Coelho Neto tem muitos recursos, mas nós sabemos que não tem aplicabilidade da parte do Governo”. Disse, Rafael Cruz.

O vereador Marcos Tourinho afirmou que a nova mesa diretora incentivará a casa a fazer um verdadeiro papel de vereador, passando a exercer seu papel com excelência, de fiscalizar, elaborar projetos e votar nos projetos e decretos que trarão benefícios para a população.

“Eu não fui eleito um presidente para fazer um empecilho nenhum. […] Se eu atrapalhar governo, eu vou atrapalhar Coelho Neto. […] Eu não estou aqui pra esse papel. Meu papel é trabalhar a casa Legislativa e fazer com que ela venha ter um destaque perante a sociedade. Fazer com que nossas sessões tenham um nível de presença. Que as pessoas saibam e tenham interesses em acompanhar o que a câmara está fazendo pelo povo de Coelho Neto”. Disse, Marcos Tourinho.